Pé Grande existe?

Hoje eu estava assistindo no Canal History, Contato Extraterreste e abordou a lenda do Pé Grande, ao contrário do que se pensava essa criatura não só habita as regiões remotas do Estados Unidos e Canadá, segundo o programa  há diversos relatos de pessoas que dizem ter avistado um macaco gigante em diferentes partes do planeta. Há muitas evidências na bíblia sobre gigantes que desceram à terra e se encantaram com as filhas dos homens, especula-se que dessas relações pode ter nascido algumas espécies, as quais são tratadas na mitologia. O gigante Golias foi morto por David porque esse criatura abominável não poderia existir, pois era "usada como arma" para derrotar outros povos.

Não se pode ignorar as informações sobre a nossa origem encontradas nas 2000 placas sumérias, esses registros contam que os Anunnakis (os do céus que estão na terra)  povos do planeta Nibiru vinham ao planeta Terra para exploração de ouro e por ser um trabalho muito pesado para eles, viram um hominídeo  na África que serveria para os seus propósitos, para tanto tinha que misturar o seu DNA. (...) "concluíram que poderiam extrair o óvulo de uma fêmea primata, fertilizá-lo, in vitru, com o espermatozóide de um macho Anunnaki e implantá-lo no útero de uma fêmea Anunnaki. Após muitas tentativas e erros, estava criado o modelo perfeito do homo-sapiens. O processo foi repetido várias vezes, formando a primeira geração de híbridos humano-alienígenas, na Terra, que contudo eram estéreis". (Fonte: http://osnefilins.tripod.com)

Como o modelo do homo-sapiens tinha vida curta, outras experiências foram feitas para a criação do humano ideal. (...)  "O resultado dessas ousadas experiências foram seres antropomórficos, de aspecto exótico ou monstruoso, que ficaram conhecidos, ao longo da história, como quimeras (centauros, cíclopes, hárpias, tritões, sereias, minotauros, hidras, górgonas, sátiros, etc)". (Fonte: http://osnefilins.tripod.com/). Dai também pode ter vindo o Pé Grande que vive nas cavernas e se move pelas passagens subterrâneas do planeta criadas pelos extraterrestres. 

Esse ser já foi visto em muitas partes do planeta, há relatos de pessoas que viram um macaco com mais de dois metros de altura sair de uma nave espacial e entrar na floresta para caçar e se alimantar dos nossos animais. Diante de tudo isso, lembrei de dois episódios que aconteceram, um comigo e outro com a minha tia-avó. Eu estava na casa dos meus avós paternos no interior de Sergipe por volta dos 10 anos de idade, e uma noite eu acordei com o barulho de uma respiração forte na janela do quarto que era de madeira e havia frestas bem espaçosas na janela e por ser noite de lua cheia dava para eu ver um bicho que parecia um macaco gigante e estava sentindo o meu cheiro pelas frestas, não precisa dizer que fiquei apavorada e comecei a chorar chamando pelos meus avós que mandavam eu calar e ficar quieta. Esse ser exalava um cheiro horroroso e ficou lá por horas. No outro dia fui olhar no lado de fora e vi pegadas enormes, chamei os meus avós para mostrar, mas eles se recusaram a ir ver, na verdade o meu avô já havia checado e não me disse nada, anos depois ele disse que era "um lobisomem" e não me falara na epóca para não me apavorar mais. 

Lembro de um fato parecido com muitos relatos pelo planeta afora, um dia a minha tia-avó foi até a fazenda Leme, propriedade dos meus avós, para catar maturi (castanha verde de caju) para fazer um dos pratos típicos do nordeste a frigideira de maturi, e ela estava distraída colhendo as castanhas e sentiu um cheiro forte, ela disse que pensou que fosse uma raposa por perto e de repente ela percebeu que havia alguém atrás dela e quando se virou estava bem perto dela um "macaco gigante", ela jogou a vasilha com as castanhas no macaco e saiu correndo até chegar nas plantações de mandioca onde estavam os trabalhadores. O meu avô contou que ela desmaiou quando chegou lá, depois de voltar a si, narrou o ocorrido e os homens sairam para caçar o tal macaco e não encontraram nada, só as enormes pegadas em direção da mata e compararam o tamanho dos pés deles com as pegadas que eram três vezes maiores. Esse tipo de primata não é típico do Brasil, portanto só nos resta pensar que se trata do Pé Grande ou algum ser de outro planeta.

Isso aconteceu no meu mundo bem real, asseguro aos leitores que os episódios vivenciados por mim e a minha tia  não se trata de imaginação, realmente aconteceram, só não temos explicação para esses fatos.

Simone Anjos

Recomento aos leitores que queriam saber mais sobre os Anunnakis e suas experiências na criação da raça humana no artigo Os Nefilins.



Comentários

Postagens mais visitadas